IMG_9311

Tricô elegante



Oi, Requintadas vamos tricotar? Rsrsrs.

Um look uma história!

Poucas coisas são mais confortáveis do que um bom suéter de tricô. Para se esquentar no inverno sem perder o estilo, né verdade?!

Trago esse look com um toque VINTAGE!

Calça preta de couro facker (amo essa pecada de misturar estilo) e casaco de tricô com fios dourado, que aqui para nós deu uma elegancia na peça! Scarpin preto e o look está pronto.

Look da @tribalporto

Foto @ellemcardosofotografa

IMG_9314

 

História

Pensa-se que esta técnica nasceu, provavelmente, no Egipto onde o entrelaçar dos fios era feito com a ajuda de ossos ou pedaços de madeira.

Os exemplares mais antigos que se conhecem datam de 1000 a.C. Tratam-se de meias descobertas no Egito com desenhos considerados bastante complexos, o que leva os arqueólogos a acreditarem que a técnica é extremamente antiga – pois para chegar a tal nível de complexidade são precisos muitos anos de tentativas falhadas ou menos perfeitas.

Os belgas levaram a técnica aos ingleses, onde as mulheres a desenvolveram para produzir meias e cachecóis que protegessem os seus maridos e os filhos contra o frio do inverno. Por este motivo, o tricô ficou relacionado ao tempo frio!

A partir do século XIX, passaram a usar as chamadas máquinas de tricô. Durante as duas grandes guerras mundiais, as mulheres tricotavam peças para os soldados como a balaclava, que se tornou moda.

Mas foi no final dos anos 60 que o tricô se popularizou definitiva e firmemente no mercado da moda, ocorrendo nos anos 70 um retorno ao tricô artesanal, que permanece até hoje.

Hoje em dia, as marcas reinventaram a técnica, criando malhas de verão feitas através de fios leves e apropriados para a estação.

Estou amando trazer um pouco de história da moda para vocês, estão gostando?

IMG_9311

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *