images 1

Sendo apredejado

Olá Requintadas! Tudo bem?
Que a benção do nosso Deus esteja sobre a sua vida!
E a nossa reflexão de hoje começa com uma pergunta:
Quem não tem pecado? Que atire a primeira pedra!
Quem nunca usou   essa frase, né verdade?
Porém hoje iremos falar exatamente sobre essa história. Como surgiu esse ditado que se tornou um ditado popular!
A bíblia relata a história de uma mulher que foi pega em flagrante, transgredindo a lei de Moisés, que tais mulheres fossem
apedrejadas até a morte em público para que servisse de exemplo para todos (João -8:4,5).
Na verdade aqueles fariseus conhecedores da lei, a trouxeram para que jesus a condenasse, para que todos tivessem motivos de
acusá-lo, tentando assim ao Mestre Jesus(João-8:6).
Inssistiram na pergunta. Jesus se levantou e lhes disse: Aquele que dentre vós estiver sem pecado seja o primeiro que lhe
atire a pedra (João-8:7).

images 1
E tornando a inclinar-se, continuou a escrever no chão.
Mas, ouvindo eles esta resposta e acusados pela própria consciência, foram-se retirando um por um, a começar pelos mais velhos
até aos últimos, ficando só Jesus e a mulher no meio onde estava.
Erguendo-se Jesus e não vendo a ninguém mais além da mulher, perguntou-lhe: Mulher, onde estão os teus acusadores? Ninguém
te condenou?
Respondeu ela: ninguém, Senhor!
Então lhe disse Jesus: nem eu tampouco te condeno; vai e não pequeis mais (João-8: 9,10,11).

jesus_prostituee copy
Nos dias de hoje não tem sido diferente, quantos de nós julgamos condenamos alguém sem mesmo conhece-la, quantos de nós já
erramos já fizemos coisas que desagradaram a Deus? porém sem que alguém visse? Ou seja as ocultas, a verdade é que essa
história nos deixa uma grande lição. Todos nós estamos em estado de pecadores, errantes, falhos, e que todos os dias
devemos pedir a misericórdia de Deus, o perdão do Senhor em nossas vidas.
Muitas vezes falamos da corrupção, mas a verdade é que quantos no dia a dia, não á utilizam para se sair de alguma situação ou
até mesmo ganhar proveitos e benefícios próprios.
Então antes de querer julgar apontar alguém por mais errado que essa pessoa esteja aos olhos humanos, olhe-se
no espelho, e se pergunte será que sou perfeito? Abra seus olhos espirituais e veja se não existe um cisco dentro dele.
A verdade é que não conhecemos as lutas dificuldades que cada pessoa ao nosso redor enfrenta todos os dias, temos uma vida
tão corrida nos dias atuais, que deixamos de olhar para o lado humano das pessoas, um “oi” um “bom dia” podem fazer muita
diferença na vida daqueles que nos cercam, é nítido que o amor para com os outros esteja se esfriando, não podemos
nos deixar contaminar por esse esfriamento, existem em nossa volta inúmeras pessoas feridas, machucadas, que precisam da cura e, essa cura está no amor, no perdão, na compreensão , no ombro amigo e tudo isso só pode oferecer, quem foi aperfeiçoado no
amor de Deus.
Jesus disse: não julgueis, para que não sejais julgados, pois com o critério com que julgardes, sereis julgados; e, com a medida com
que tiverdes medidos, vos medirão também (Mateus-7:1,2).
Jesus foi bem claro com aquela mulher, Ele lhe trouxe o perdão, mas também a alertou dizendo: vá e não pequeis mais! Pois todo
erro que cometemos terá suas consequências, aquilo que plantamos com certeza iremos colher, Jesus não concordou com o erro
dela, mas a ensinou o caminho do amor e da salvação.
Jesus á  trato com um carinho que talvez aquela mulher nunca havia recebido de alguém, pois Ele é Deus e sondava lhe o
arrependimento de seu coração.
Que lindo né pessoal essa história? O amor de  Cristo por cada um de nós é inigualável, imensurável!
Não importa em que condição você se encontra nesse momento, se você errou, falhou, dobre o seus joelhos e peça ajuda desse
Deus, tenho plena certeza que Ele está nesse momento esperando a sua oração.
Agora,  já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus!
(Romanos-8:1)

Ame mais, julgue menos!
Deixe o seu nome e de sua família  para oração!

Veja mais forte a colunista Glaucia Costa.

 

Missionária e cantora Glaucia Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *